Toledo

Toledo foi a primeira capital espanhola, e por falta de espaço para crescer a capital foi transferia a Madri, que na época era uma vila, e até hoje não possui o título de “Cidade”.

Para ir a Toledo usamos o trem de alta velocidade, a viagem é pontual, sai certinho na hora marcada, e chega em ponto.

Chegamos lá perto das 10 da manhã, não fomos com guias ou em um pacote turístico, pesquisamos bastante no Google e já foi o suficiente. Da estação de trem não se vê nada da beleza da região, mas caminhando um pouco já encontramos a Ponte de Alcantara, que é uma das principais pontes para entrada a parte turística de Toledo.

Passando pela ponte, entramos num portal de pedra, e fomo indo por uma escadaria enorme até o topo, demorou alguns minutos, passamos por uma escola que fica no meio da escadaria. Chegando lá em cima, compramos a melhor agua que já bebemos, e a mais cara também, 2 euros 500 mls hehehe. Depois encontramos um mercado e compramos mais uma agora, agora bem mais em conta, 1.5 L por 0.85 centavos.

Fomos direto para a praça de Zocodover para pegar um mapa, como já tínhamos lido sobre os lugares, um mapa poderia ajudar. Após pegar o mapa fomos em direção a catedral de Toledo, chegamos até ela pela parte de trás, e não vimos o quanto ela é bonita nesse momento, continuamos o passeio e passamos por diversos outros pontos. A cidade é bem pequena, andamos por ela muito, cansa bastante pela quantidade de subidas e descidas, mas as distancias entre as coisas são curtas.

Almoçamos Paella com Lulas fritas e Batatas, tomamos vinho da casa, e uma sobremesa. Após o almoço paramos para descansar, a Chris chegou a dormir no banco da praça🙂, ficamos lá por algum tempo e enfim voltamos a caminhar. O objetivo agora era ir novamente até a catedral e vela de frente.

Quando chegamos até a catedral, ficamos impressionados, ela é muito grande, possui muitos detalhes, mesmo depois de ver tantas coisas bonitas ainda assim conseguimos nos impressionar bastante com ela. Decidimos então entrar na catedral, 8 euros por pessoa, e você tem o direito a um áudio guia. Ao entrar na catedral, novamente ficamos de boca aberta, ela tem várias capelas,  vários altares, um órgão central e diversas salas com pinturas e quadros. Há uma sala que tem a pintura de todos os padres que já passaram por alí, desde o ano 300, é muito impressionante, e o estilos dos retratos continua o mesmo.

A catedral é cheia de  esculturas que se complementam com pinturas, tudo tem uma história, um detalhe. Só nessa catedral dá para ficar alguns dias aprendendo sobre todos os simbolismos que foram adicionados. A visita durou mais de uma hora, gostamos muito.

Perto das 18 horas, resolvemos voltar para estação pela rua que contorna a cidade, é uma estrada que passa ao lado do rio Tejo, o mesmo que passa em Lisboa. Então tivemos uma caminhada longa, onde passamos por alguns parques, ruínas, e casas muito bonitas. Tiveram momentos que precisamos subir umas escadarias para continuar a diante por não haver uma continuação no caminho. Passamos por diversos mirantes, e por uns trechos que fica num penhasco, onde o contato com a natureza foi demais! Não haviam turistas ali, poucas pessoas passaram pela gente. Nossa caminhada durou pouco mais de uma hora, e enfim chegamos a ponte de Alcantara novamente. Por fim seguimos em direção a estação de trem e retornamos a Madri.

2 comentários sobre “Toledo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s