Roma

Roma foi muito legal. Chegamos em Roma numa Sexta-Feira à noite, gostamos muito do Hotel Ergipe, era enorme e tinha uma piscina muito bonita. Jantamos em um restaurante da região, a comida era muito gostosa, a Chris comeu um risoto de frutos do mar e eu comi um espaguete à carbonara.

No segundo dia fizemos um tour pela cidade com o guia, e ao terminar fomos ao museu do Vaticano. Após o passeio fomos em busca do Roma Pass, para usar o transporte público e entrar em museus com o preço mais barato, demorou até conseguir achar um lugar que tinha o de 48 horas e por isso acabamos perdendo o horário na Galeria Borghese, mesmo assim tentamos ir, mas não teve jeito, não deixaram entrar mesmo assim. Acabamos passeando pela Villa Borghese e depois fomos até a praça da espanha e até a fontana de trevi, que no momento está em reforma e sem agua, mesmo assim havia muita gente por lá batendo fotos e até jogando moedas na fonte vazia.

Depois fomos ao Coliseu, já estávamos muito cansados e com os pés doendo, foi muito interessante, valeu a pena conhecer. Ainda havia o palatino e o foro romano, mas não havia mais tempo, então resolvemos ir comer algo, fomos até o bairro trastevere e comemos uma pizza. Na volta usamos o ônibus para voltar para o hotel, pedimos informação para o garçom para saber como voltar, mas o ônibus que ele falou não ia para o local que gostaríamos, acabamos encontrando uns brasileiros no ônibus que moravam por lá e nos ajudaram a achar o ônibus certo. Roma tem o transporte público mais complicado de todos os lugares que fomos, não dá para se virar somente com a informação das placas. Enfim chegamos ao hotel e dormimos até tarde (8:30) no outro dia, era dia livre.

No nosso dia livre fizemos tudo que gostaríamos, fomos ao palácio sant’angelo, a algumas praças, ao pantheon, foro romana e palatino e visitamos ao prédio da prefeitura de roma, que estava aberto e de lá tivemos uma visão espetacular.  Resolvemos ir mais cedo ao hotel para aproveitar a piscina, jantamos perto do hotel, o dia foi perfeito.

Assis

Essa cidade é muito bonita, onde São Francisco de Assis viveu. É uma cidade que se desenvolveu em uma colina, e é cheia de ladeiras com ruas calçadas com pedra. É um local que muitos turistas vão para fazer turismo religioso, porque a basílica significa muito para a religião e tem uma história muito rica. Em 1997 houve um terremoto que derrubou uma parte da basílica, mas hoje a estrutura já está recuperada, somente a pintura que não foi possível recuperar. Dentro da basílica São Francisco foi enterrado junto com 4 amigos, e é possível ver a tumba, e o local é muito bonito.

Andamos um pouco pelas ruelas da cidade, e seguimos a Roma.

Veneza

Veneza 40°! Ceu azul e um calor muito forte recebeu a gente em Veneza. Bom que Veneza tem bastante sombra nas ruelas medievais, e caminhamos bastante por ela, a coisa mais legal para fazer lá é se perder em Veneza. A cidade é charmosa, e é muito legal ver o transporte pela cidade, as gondolas e como tudo aquilo funciona. Fomos até a ponte Rialto, uma das mais famosas, mas a ponte está em restauração e não está tão bonita no momento. Andando pelo canal principal onde há vários restaurantes e lá é muito bonito, com flores decorando e com uma visão linda das casas antigas e do canal. Fizemos um tour pela praça de São Marcos, que aliás, é a atração mais famosa de Veneza, e realmente é muito grande e impressiona demais com sua beleza. Conhecemos a fábrica de cristais Murano e depois tivemos tempo livre.

Caminhamos pela “beira-mar” de Veneza, até uma região residencial, passamos por várias pontes e chegamos a uma região que possui um parque, muito bonito. Encontramos também uma bica de agua potável, onde recarregamos nossas garrafinhas🙂. Ficamos no parque até o sol começar a se por, pegamos um barco para ir até o hotel, e tivemos uma visão linda do pôr-do-sol em Veneza.

Vale de Aosta

Nossa viagem da França à Italia foi muito boa, passamos pelo Mont-Blanc, passamos por um glaciar e seguimos pelos Alpes até Aosta, uma cidadezinha italiana que fica num vale nos alpes italianos. (?)

Nessa cidade não havia muita coisa a ser vista, aproveitamos os arredores do hotel para tirar umas fotos das montanhas e ver o rio que havia ao lado do hotel. Nosso quarto tinha vista para o rio e as montanhas, era muito bom ficar apreciando aqueles momentos. Saímos para comer uma pizza e voltamos cedo para nos preparar para Veneza!

Genebra

Mais uma passagem rápida por uma cidade fantástica. É muito mais do que imaginávamos, ao chegar ficamos ao lado do lago da cidade, onde há um jato de agua de uns 30 metros de altura (sério), fomos até a borda do lago, e a agua é cristalina, e como estava sol, a cor estava ainda mais bonita.

A cidade toda é como se você estivesse em um shopping center bom, mas ao ar livre, só lojas boas e caras. O mercado, na seção de perfumes, parece o dutyfree do aeroporto, as mesmas marcas e o mesmo estilo de loja.

Demos uma volta pela cidade a pé, pelos pontos onde vimos que seriam mais interessantes, não eram muitos, fomos até a catedral, mas paramos muitas vezes pelo caminho para tirar fotos, os lugares eram realmente muito-muito bonitos, as ruas, as lojas, as fontes (por todos lado da cidade – com agua potável) tornava tudo muito interessante.

Saindo da catedral, resolvemos voltar por outras ruas para conhecer um pouquinho mais, e então encontramos mais alguns chafarizes, alguns mirantes, tudo muito bem feito, tudo que você olhada tinha um capricho desde o asfalto até os fios de iluminação.

Paramos para comer em um parque da cidade, na frente do teatro de Genebra, é muito comum ver muitas pessoas deitadas na grama quando há um clima bom, e no dia que passamos por lá o céu estava azul e uns 30 °C.

Fomos até o lago e ficamos lá observando os patos e cisnes que tem lá, vimos também alguns peixes grandes passando. Até na cerca que beira o lago haviam muitas flores, deixando ainda mais bonita a paisagem. É um lugar para voltar algum dia, gostamos muito.

Delft

Passamos por Delft no caminho de ida a Amsterdã. Quando chegamos já começamos a notar a tradição dos países baixos por construir canais pelas cidades. Era um domingo a tarde, e a cidade estava com um festival de verão rolando. Encontramos várias bandas se apresentando pela cidade, e muita gente pelas ruas. A paisagem da cidade é bem bonita, esses canais deixam tudo ainda mais bonito. Perto das 17 saímos em direção a Amsterdã.